segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Trem das Onze


Não posso ficar
Nem mais um minuto com você
Sinto muito amor
Mas não pode ser
Moro em Jaçanã
Se eu perder esse trem
Que sai agora às onze horas
Só amanhã de manhã
E além disso mulher
Tem outra coisa
Minha mãe não dorme enquanto eu não chegar
Sou filho único
Tenho minha casa pra olhar

Com todo o respeito a Rita Lee e ao compositor baiano, a mais completa tradução de Sampa chama-se Adoniran Barbosa. Para muitos, "Trem das Onze" é a mais completa tradução de Adoniran. Ledo engano.
Primeiro porque o compositor morria de medo de andar de trem - temia ficar preso entre as portas quando estas se fechassem. De outra parte, Adoniran se caracterizara por adotar em suas canções a linguagem popular, compondo em português errado. O compositor se defendia: "Não adianta querer falar errado. Tem que saber falar errado".
O certo é que "Trem das Onze", que ganhou o primeiro prêmio no concurso de músicas de carnaval no 4º Centenário da cidade do Rio de Janeiro com o grupo Demônios da Garoa, em 1964, saiu sem erros de português. Exceto um.
Várias das canções de Adoniran homenageavam bairros e ruas da cidade que ele, boêmio inveterado, se gabava por conhecer pessoalmente. De fato, conhecia São Paulo como poucos, mas conta o compositor e biólogo Paulo Vanzolini, outra fiel tradução da Paulicéia, que no Jaçanã ninguém diz "em Jaçanã", como está em "Trem das Onze". Todos falam "no Jaçanã". Foi tirar satisfação e ouviu do amigo: "E eu lá sei onde é essa porcaria."
Parece que, apesar da foto ao lado, o Jaçanã Adoniran não conhecia tão bem.

3 comentários:

Chico Prosdócimi disse...

Aí, Luís.

Excelente este seu blogue! Viva a música brasileira, sua história e aqueles que buscam resgatá-la!
Parabéns!

[]s!

Marcelle Rocha disse...

Oi, coloquei no google " a tonga da mironga do kabuletê" e apareceu seu blog!
Achei bastante interessante o trabalho que faz, interpretando músicas e contando seus momentos históricos.
Vou virar frequentadora assídua!
=D

Gustavo Branco disse...

Eu tambemfui pesquisar sobre a Tonga da Mironga e achei aqui... adorei o site... virei frequentador!!

Abraço!